PALAVRAS DO REBE YEHUDAH
Antissemitas

 

Judeus, o que são? Quem é judeu? Quem são os judeus? Esta pergunta nem sempre é feita para satisfazer um desejo de conhecimento. A história mostra desde os mais remotos tempos que a pergunta sempre fora feita após uma preocupação, medo, estranheza e vontade de rechaçar, expulsar o causador da dúvida. Quase sempre este desconhecido provocou o sentimento de que é melhor eliminá-lo junto com a dúvida.
Os judeus são os que sempre melhor souberam disto. Quem já leu a Biblia conhece esta passagem em que Haman, com muito medo da presença de judeus no império dirige-se ao rei Assureu e diz que ” Há um povo espalhado e disperso entre todos os povos em todas as províncias do teu reino, e suas leis divergem das de todos os povos…” com o objetivo de convencer o rei a matar todos os judeus. Em Massada resistimos, mas aí também encontramos destruição. É conhecida a frase de Eistein: -“Se a minha teoria da relatividade triunfar, serei considerado um alemão, se falhar serei um judeu”.
Os antissemitas podem ser dividos em dois grupos principais. O primeiro é formado por aqueles que enxergam no judeu um concorrente, uma ameaça para a sua pequena inteligência, estes tem medo dos judeus, pensa que o judeu poderá superá-lo em tudo o que desejar. Não é um perseguidor incansável, mas quando percebe a presença de um judeu, quer eliminá-lo. O segundo grupo odeia o judeu naturalmente, sem motivo e sem justificativa. Seu ódio nasce do seu preconceito, de uma opinião que formou sem reflexão, não avalia os fatos nem suas consequências. Ensina-nos o rabino Menahem Mendel Diesendruck, Z”L, que este tipo de antissemita sente um ódio, compulsão e obsessão, uma forte aversão e um desejo sádico de destruição e se põe pronto para destruir, queimar, matar, bastanto apenas ouvir a palavra “judeu”.
Sábios, intelectuais, incapazes de conviver verdadeiramente com outra cultura tem encontrado motivos para estas perseguições. Eles pertencem a este segundo grupo de ódio gratuito.
O antissemitismo foi enfrentado por nosso povo em toda a nossa existência. A pior maneira de enfrentá-lo foi tentando assimilar-nos. Cada vez que tentamos nos adaptar à sociedade com o abandono de nossos costumes e práticas e até mesmo de nossa fé, acabamos perseguidos e mortos. O mais recente exemplo trágico ocorreu na Alemanha. Os judeus mudaram o rito religioso, abandonaram sua maneira de vestir-se e ficaram felizes com a posição que ocupavam na sociedade alemã. Ninguém, com excessão dos religiosos, imaginou que os alemães viriam lembrá-los da pior maneira que eram judeus. Os horrores da segunda guerra surpreendeu aos que acreditaram na assimilação. Sempre foi assim: Se o judeu tenta esquecer o judaísmo, a sociedade local cria uma tragédia para lembrá-los disto.
A solidão e a dificuldade econômica tem grande peso prático nisto. O antissemita está com suas “antenas” ligadas à busca da presença judaica. Porém quando a solidão (carência afetiva) e o dinheiro (carência econômica) apertam, o judeu se esquece de que deve viver na companhia de todos, mas judaicamente e tenta ludibriar o antissemita fazendo-se parecer com todos. Encontra uma namorada não judia e casa-se com ela. Encontra um emprego nocivo ao judaismo e contente com os ganhos abandona a sua fé e sua origem. Logo descobrirá que não valeu a pena. Estes judeus e estas judias estão morando hoje bem longe dos centros judaicos, frequentando locais onde não tem outro judeu, e já quase esqueceu que É judeu.
Meu caro judeu ou judia, eu estou te procurando. Não espere um antissemita te encontrar antes de mim. Venha ao meu encontro. Tenha coragem, continue navegando em nosso site e quando quiser voltar para casa, inscreva-se e nós iremos ao teu encontro. Sua esposa judia e seu filhos judeus merecem isto. Não demore.

Portanto atenda meu pedido:
Se você é um judeu e está afastado inscreva-se neste site. Nós iremos até você.
Se você conhece algum judeu nestas condições peça-lhe para se inscrever aqui.
E se você pensa que é judeu, que sua mãe era judia, ou que seus avós eram judeus, ou que de alguma forma tem ascendência judaica, inscreva-se aqui. Você estará ajudando-nos a salvar vidas. Por outro lado, se não se enquadrou nestas condições, mas é simpatizante de nossa causa, clique em “contate-nos”, acima, e envie-nos sua mensagem. A sua participação será muito importante para todos nós.